• CmSal RE

EDIL SALENSE RECEBE A VISITA DO BISPO DA DIOCESE DO MINDELO



De visita à ilha do Sal no âmbito das celebrações do dia de Santo António, Padroeiro da Paróquia dos Espargos, o Bispo da Diocese do Mindelo, Dom Ildo Fortes, efetuou uma visita de cortesia ao autarca salense, Júlio Lopes, na manhã de hoje, 11 de junho, acompanhado pelos párocos Adriano da Luz Batista, Paróquia dos Espargos, e Benvindo Lopes Rodrigues, Paróquia de Santa Maria.


“É sempre um enorme prazer recebê-lo a si e à sua delegação aqui nos Paços do Concelho, por que entendemos a vinda de um Bispo ao Município é sempre importante e motivo de alegria e regozijo, sobretudo quando se comemora uma efeméride tão importante como é o Dia de Santo António”, enfatizou o Edil Júlio Lopes, assegurando ao Bispo que a atual gestão da Câmara Municipal do Sal tem uma visão de desenvolvimento da ilha centrada nas pessoas, pelo que não está apenas preocupada com a realização das obras, que envolvem a asfaltagem das estradas, construção de pedonais e outras infraestruturas, naturalmente importantes para o bem-estar das populações e comunidades, mas também com questões que têm que ver com a educação das crianças e dos jovens, ação social, inclusão e coesão social, bem como com a parte da espiritualidade dos munícipes.


Por seu turno, o Bispo da Diocese do Mindelo, Dom Ildo Fortes, manifestou a sua satisfação na pronta disponibilidade do Edil e sua equipa em recebê-lo, nos Paços do Concelho, tendo aproveitado a ocasião para pessoalmente felicitá-lo pela sua reeleição, sublinhando que é perceção generalizada de que os munícipes do Sal estão “satisfeitos” com o trabalho que o autarca e sua equipa tem vindo a realizar na ilha.


“Há uma diferença entre governar para ficar bem e governar para fazer o bem”, observa o Bispo, felicitando o autarca Júlio Lopes pela coragem em assumir a gestão da Câmara Municipal do Sal com espirito de serviço público, pois considerou que essa forma de encarar a missão é uma “riqueza” ou uma “dádiva” que será recompensada, pois, no final, o que fica é aquilo que de bem foi feito e marcou os munícipes ou as comunidades pela positiva.

Não obstante ser uma visita de cortesia, o Presidente da Câmara Municipal fez questão de abordar alguns assuntos pertinentes com o Bispo, tanto do interesse do Município, como também da Igreja.


Dom Ildo Fortes mostrou-se aberto e disponível para cooperar com a edilidade salense, em diferentes domínios quer ao nível da promoção da espiritualidade nas pessoas, educação, saúde pública, ação social, entre outras áreas.