III Dia da 4ª Edição do Festival de Literatura Mundo do | Resumo

Atualizado: 22 de jun.



𝟰ª 𝗘𝗱𝗶çã𝗼 𝗱𝗼 𝗙𝗲𝘀𝘁𝗶𝘃𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗟𝗶𝘁𝗲𝗿𝗮𝘁𝘂𝗿𝗮 𝗠𝘂𝗻𝗱𝗼 𝗱𝗼 𝗦𝗮𝗹 | 𝗜𝗜𝗜 𝗗𝗶𝗮


Mesa C – RAÍZES TRADICIONAIS DAS CULTURAS LITERÁRIAS

A descoberta das tradições nacionais, sobretudo das tradições ligadas à cultura oral, emergiu nos países europeus na maior parte dos casos na viragem entre os séculos XVIII e XIX e, sobretudo, nas cinco primeiras décadas do século XIX. Quais são as formas de inscrição da tradição oral nas literaturas europeias (alemã, portuguesa, italiana)? Terão essas formas tensões subjacentes às políticas da língua nesses países?


- Tradição oral na cultura europeia - os casos da Alemanha e Portugal – Fernanda Gil Costa

- Reencontrar-se no Outro: políticas da língua, tradição oral e errância - o caso da Itália – Luca Fazzini





Galeria - Mesa C



REFLEXÕES E DEBATES


Mesa 2 – EDIÇÃO, TRADUÇÃO E CIRCULAÇÃO


Escritos de há centenas, senão milhares de anos, e de tradições literárias tão diferentes das nossas, inclusive línguas e linguagens distintas, continuam a dialogar connosco e com os textos que hoje lemos, escrevemos e editamos? Em que medida os processos de tradução e de reinterpretação são fatores de contextualização para que se possa dialogar com textos de outros idiomas e de outras linguagens literárias?

Bárbara Mesquita – Duarte Azinheira – Henrique Levy – N'gosi Nelly – Filinto Elísio (mediador)




Galeria - Mesa 2


LITERATURA ORAL EM CABO VERDE, por Carolina Pereira, aluna

do 8º ano, orientada pelo Professor Lívio Spencer – Colégio das Letrinhas



Mesa 3 – HISTORIOGRAFIA E ROMANCE HISTÓRICO


A Historiografia levanta dados sobre determinados percursos pelo viés de investigações, estudos e reflexões de acontecimentos marcantes que determinam as nossas vidas coletivas. A partir dela também emergem recortes literários, muitas vezes de estratos estéticos que se alimentam dos elementos factuais determinadores de cenários ficcionais como tem sido o caso de vários romances históricos. Tanto o Historiador como o Romancista estão em dialogia, marcados pela complementaridade entre a ciência e a estética.

Daniel Pereira – Germano Almeida – Sílvia Sousa (mediadora)



Galeria - Mesa 3